Atendimento 046 3225 -9174 046 99101 9174 (WhatsApp) Horário de atendimento de segunda à sexta-feira das 8:00 às 18:00 (exceto feriados)
Saco de Lixo Hospitalar
  • Saco de Lixo Hospitalar
  • Saco de Lixo Hospitalar

Saco de Lixo Hospitalar

Sku: 5C2F450386899

Categoria: MATERIAL DE CONSUMOSaco de Lixo Hospitalar

Marca: Carboplásticos

Tamanho

Por R$ 21,34

ou em 2x de R$ 11,15

Ver parcelas
1xdeR$ 21,34 Sem Juros Total: R$ 21,34
2xdeR$ 11,15 Com Juros Total: R$ 22,30
Frete e Prazo

Simule o frete e o prazo de entrega estimados para sua região:

Informações do Produto

SACO DE LIXO HOSPITALAR

 

ESPECIFICAÇÕES DO PRODUTO

- Tamanho:

- 30 Litos: 59 cm x 62 cm (9 Kg)

- 50 Litros: 63 cm x 80 cm (15 Kg)

Quantidade:

- Pacote com 100 unidades.

Cor:

- Branco.

Indicação:

Acondicionamento de resíduos infectantes.

 

DESCARTE DO LIXO INFECTANTE

Os profissionais da área da saúde precisam ficar atentos ao correto descarte do lixo infectante. Aproximadamente 4,5 mil toneladas de lixo infectante são produzidas diariamente no Brasil. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 15% do lixo hospitalar é considerado perigoso, por caráter tóxico, infeccioso ou radioativo.

O descarte de lixo infectante em estabelecimentos de saúde como hospitais, clínicas e consultórios médicos, odontológicas e de estética são fiscalizados e regulamentados tanto pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) como pelo CONAMA (Conselho Nacional do Meio Ambiente). O descumprimento das normas é passível de infração.

Por essas e outras razões, o correto descarte do lixo infectante, bem como o uso de luvas descartáveis e outros equipamentos de proteção individual (EPI), são imprescindíveis para os profissionais da área da saúde.

 

A resolução número 306 de 2004 da ANVISA especifica que:

  • Todos os resíduos considerados infectantes têm de ser alocados em sacos plásticos de cor branca, contendo identificação indelével do laboratório/biotério;
  • Salienta-se ainda que esse mesmo saco plástico branco deve conter também a identificação do símbolo infectante de forma visível;
  • Os sacos plásticos, para maior segurança, deverão conter não mais do que 2/3 de sua capacidade total, evitando-se assim que os mesmos rasguem ou transbordem;
  • Os sacos plásticos que contém lixo infectante não podem, em hipótese alguma, ficar em contato com o chão;
  • Não é permitido o depósito de sacos de lixo contendo resíduos infectantes em locais como elevadores, corredores ou demais dependências que não sejam a lixeira externa, voltada para esta finalidade;
  • Ressalta-se que somente deverão ser recolhidos pela equipe de limpeza os resíduos infectantes que estiverem estritamente em consonância com as normas acima estabelecidas.

São considerados lixo infectante:

  • Sangue e hemoderivados;
  • Secreções, excreções e demais líquidos orgânicos;
  • Meios de cultura;
  • Órgãos, tecidos, peças anatômicas e fetos;
  • Filtros de gases aspirados provenientes de áreas contaminadas;
  • Resíduos (mesmo alimentares) provenientes de áreas de isolamento;
  • Resíduos gerados em laboratório de análises clínicas;
  • Resíduos gerados em unidade de atendimento ambiental;
  • Resíduos de sanitário de unidades de internação.

 

 

 

Avaliação dos Clientes
  • Nenhum comentário foi postado para esse produto, seja o primeiro!